Itapiranga Berço Nacional da Oktoberfest

Desbravadores gaúchos, com grande maioria de descendentes de alemães, liderados pelo Padre Max Von Lassberg, foram os primeiros a chegar nesta região. Vieram do Rio Grande do Sul, através do Rio Uruguai e desembarcaram, no dia 10 de abril de 1926, no local onde viria a surgir, a Colônia Porto Novo. Anteriormente, há resquícios de passagem e moradia de índios que faziam parte dos Sete Povos das Missões e que haviam sido praticamente dizimados pelos bandeirantes bem antes da chegada dos colonizadores alemães. A cidade, que é margeada pelo Rio Uruguai, foi com a denominação de Linha Itapiranga, foi alçada à condição de Distrito em decreto de 25 de fevereiro de 1932 e emancipada politicamente em 30 de dezembro de 1953, com instalação oficial do município em 14 de fevereiro de 1954.

Este município, de 15 mil habitantes, é conhecido como o "BERÇO NACIONAL DA OKTOBERFEST". Durante o mês de outubro, em 03 finais de semana, recebe um grande fluxo de pessoas interessadas em conhecer o tradicional evento, que ocorre desde 1978. É muita festa. Comidas e danças típicas, chope em metro e desfile de carros alegóricos e muitas outras atrações.

Itapiranga, no extremo oeste de Santa Catarina, faz divisa com a província de Missiones, na Argentina, através do Rio Peperi. Através do Rio Uruguai, faz divisa com o Estado do Rio Grande do Sul. A travessia até o estado vizinho é feita de balsa pelo Rio Uruguai um rio majestoso e de muita beleza, que banha a cidade. Itapiranga fica na rota de acesso ao Salto do Yucumã, o maior do mundo em extensão, situado em território gaúcho e argentino.